>A Nossa Homepage

delta.do.sapo.pt

 

Domingo, 4 de Março de 2007

Resumo

Texto Fonte: (322 palavras)
“A Origem do Teatro Vicentino
 
O teatro vicentino teve origem nas duas naturezas de representações que a Idade Média conheceu: por um lado, os momos, as representações plásticas que alegravam os serões de D. João II e de D. Manuel, a que se refere Garcia de
Resende com vaidade e dos quais Sá de Miranda levou saudades para o túmulo; por outro lado, as representações religiosas que viviam à sombra dos portais das igrejas e que, na França e na Espanha pelo menos, subiram à categoria de género literário e foram cultivadas por uma Margarida de Navarra, um Manrique, conselheiro régio, e um Encina, eclesiástico, "familiar de Sua Santidade". Podemos acreditar que dos “momos e serões de Portugal” tirou Gil Vicente a primeira sugestão do seu teatro, ao qual as éclogas de Juan del Encina acabaram por dar movimento; e só mais tarde o comediógrafo estabeleceu contacto definitivo com, o teatro religioso e abandonou a esteira do seu primeiro mestre: desta maneira se gerou nova forma de arte que tem a sua mais alta agulha no Auto da Alma.
Dos "momos" conservou Gil Vicente a sumptuosidade cénica, a riqueza de cores e de formas plásticas, certos motivos como a alegoria náutica e a metamorfose de homens em animais (que se verifica, por exemplo, nas Cortes de Júpiter) e ainda uma característica externa de quase todas as suas obras o ter a representação por finalidade imediata ilustrar e colorir festas da sociedade cortesã. Das representações religiosas, além dos temas, o lirismo místico, certas personagens típicas como Diabo, os Judeus, os Médicos e as figuras de Cristo, da Virgem dos Anjos, dos Reis Magos, dos Santos, etc – e, mais importante que tudo, orientação edificativa. E de ambos estes afluentes resuta a natureza verdadeira do Teatro Vicentino: ser ao mesmo, tempo uma construção literária e uma construção plástica que exigia do artista capacidade para criar simultaneamente o movimento e a psicologia das personagens e a sua composição e forma escultural.” 
António José Saraiva, “Estética dos actos de devoção”
 
Texto Resumido: (112 palavras)
O teatro Vicentino teve origem nos momos e nas representações religiosas, apoiadas por entidades religiosas, que foram consideradas um género literário em França e em Espanha.
“Os momos e serões de Portugal” influenciaram Gil Vicente dado que só mais tarde este dramaturgo contactou com o teatro religioso, gerando uma nova forma de arte que culminou com o “Auto da Alma”.
Dos momos, Gil Vicente, conservou a riquesa cénica, como a alegoria náutica e a metamorfose de homens em animais, que representa para divertir a corte; das representações religiosas manteve o lirismo místico das personagens e uma prientação educativa. Foi esse o objectivo do teatro vicentino: ser simultaneamente uma construção plástica e literária.
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 17:36
Link | Comentar | Ver Comentários (3) | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 3 de Março de 2007

Quadro síntese

Personagem Destino ...

Ler artigo
Publicado por xcape às 10:45
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 3 de Março de 2007

Os Quatro Cavaleiros

São os últimos a chegar. Estes cavaleiros lutaram pelo triunfo antes de morrer, ou seja ao serviço da santa fé católica...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 10:41
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 3 de Março de 2007

O Enforcado

Chega ao batel com uma corda ao pescoço e acredita que terá o perdão garantido ma também é condenado ao inferno. ...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 10:38
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Sexta-feira, 2 de Março de 2007

O Corregedor e o Proc...

São ambos representantes da justiça. O corregedor, apoiado numa vara, transporta uma resma de processos, o procurador ve...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 20:40
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Sexta-feira, 2 de Março de 2007

O Judeu

Entra acompanhado pelo seu bode. É desprezado por todos até pelo Diabo, que quase se recusa a levá-lo. É igualmente cond...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 20:37
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Quinta-feira, 1 de Março de 2007

A Alcoviteira

Brísida Vaz, uma mistura entre feiticeira e alcoviteira, é conhecida pela sua devassidão e falta de escrúpulos. Os seus ...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 17:16
Link | Comentar | Ver Comentários (1) | Adicionar aos Favoritos
Quinta-feira, 1 de Março de 2007

O Frade

Representa o clero. É alegre, cantante mas com mau carácter. Acompanhado pela sua amante, pelo escudo, pela espada e pel...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 17:13
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

O Sapateiro

Representa os mestres do ofício. Chega à barca do inferno com as suas ferramentas de trabalho: o avental e as formas. E...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 21:26
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

O Parvo

É o primeiro a entrar na barca do anjo. O parvo, Joane, chega sem nada e consegue escapar ao Diabo. Ao chegar à barca do...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 21:21
Link | Comentar | Ver Comentários (1) | Adicionar aos Favoritos
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

O Onzeneiro

É o segundo personagem a ser inquirido. Ao chegar à barca descobre que o seu dinheiro ficara em terra. Utilizando o pret...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 20:48
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

O Fidalgo

É o primeiro a chegar à barca acompanhado por um pajem. Representa a nobreza, com uma roupa exagerada e uma cadeira de e...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 20:43
Link | Comentar | Ver Comentários (1) | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

O Diabo

Diabo O Diabo simboliza o inferno. Este castiga os pecados e os vícios dos pecadores. Fontes da Imagem: Costa. ...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 17:41
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

Quarta Semana... O An...

Na quarta semana os nossos objectivos para o blog são: Apresentar as 12 personagens do livro "O Auto da Barca ...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 17:21
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

Reportagem

Um dia com Gil Vicente, em Alpiarça O tema da nossa reportagem é: "Um dia com Gil Vicente, em Alpiarça" Cliq...

Ler artigo
Sentimo-nos:
Publicado por xcape às 11:44
Link | Comentar | Adicionar aos Favoritos

>Delta Zorb


> Perfil

>Pesquisar

 

>Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

>Posts

> Resumo

> Quadro síntese

> Os Quatro Cavaleiros

> O Enforcado

> O Corregedor e o Procurad...

> O Judeu

> A Alcoviteira

> O Frade

> O Sapateiro

> O Parvo

> O Onzeneiro

> O Fidalgo

> O Diabo

> Quarta Semana... O Anjo

> Reportagem

> Entrevista a Gil Vicente

> Gil Vicente...A Vida e Ob...

> A Obra Escolhida

> Quem somos....

> A NOSSA ESCOLA

>Arquivo

> Março 2007

> Fevereiro 2007

>tags

> 1ª semana(4)

> 2ª semana(1)

> 3ª semana(1)

> 4ª semana(14)

> alcoviteira(1)

> anjo(1)

> auto da barca do inferno(1)

> corregedor(1)

> diabo(1)

> enforcado(1)

> entrevista(1)

> fidalgo(1)

> frade(1)

> gil vicente(2)

> judeu(1)

> onzeneiro(1)

> parvo(1)

> procurador(1)

> quadro síntese(1)

> quatro cavaleiros(1)

> reportagem(1)

> resumo(1)

> sapateiro(1)

> todas as tags

>Links

blogs SAPO

>subscrever feeds